Banco Central eleva SELIC para 7,75 %, acima das expectativas do mercado

Na 242ª reunião de hoje (27/10, terça-feira) do Comitê de Política Monetária (COPOM), a taxa básica de juros (SELIC, Sistema Especial de Liquidação e Custódia) foi elevada em 1,5 ponto percentual (de 6,25 para 7,75 %), acima das expectativas do mercado (que esperava uma subida de 1 ponto percentual).

Em nota divulgada à imprensa, foram feitas algumas pontuações:

  • Uma possível reversão parcial do aumento nos preços das commodities em real pode trazer uma inflação abaixo do cenário básico.
  • Novos prolongamentos de políticas fiscais que aumentem a demanda agregada e piorem o cenário fiscal podem elevar os prêmios de risco do país.
  • O Comitê também mencionou que os questionamentos do arcabouço fiscal (provavelmente se referindo à PEC dos Precatórios e ao furo da Emenda Constitucional nº 95) aumentam o desancoragem das expectativas de inflação, tendo maior probabilidade de trajetórias de inflação acima do projetado.
  • Segundo a nota, foi também mencionado o fato de que o balanço de riscos está com variância maior do que o normal, refletindo nesse maior aumento na taxa SELIC. Foi deixado claro de que a próxima reunião haverá um aumento de mesma magnitude (que deverá ser no dia 7 de dezembro).

Foi a maior elevação de juros desde a 76ª reunião, quando então foi feita de maneira extraordinária (em 14 de outubro de 2002), sendo realizada uma elevação em 3 pontos percentuais (ou 300 pontos base), de 18 para 21 % anuais.

Houve a sinalização de que haverá um aumento na intensidade da contração monetária.

Histórico da taxa básica de juros no Brasil, dados dos últimos cinco anos.

Ante o dólar americano, o real brasileiro se desvalorizou em 6,29 % no acumulado do ano.

O Brasil está com a maior taxa de juros entre os países do BRICS, os quais são Rússia (7,5 %), Índia (4 %), África do Sul (3,5 %) e China (3,85 %), além do próprio Brasil.

Felipe Lange

Felipe Lange

Escritor, entusiasta de Economia e graduando em Biologia. Escreve e traduz artigos para o seu blog OCAL

One thought on “Banco Central eleva SELIC para 7,75 %, acima das expectativas do mercado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.