Quem se beneficia com a inflação? O Efeito Cantillon!

QUEM FOI CANTILLON?

Richard Cantillon

Richard Cantillon foi um economista franco-irlandês conhecido pelo Efeito Cantillon e por ser autor da grande obra, Essai sur la Nature du Commerce en Général (Ensaio sobre a Natureza do Comércio em Geral), livro considerado por William Stanley Jevons como:

“o berço da economia política”.

William Stanley Jevons

Cantillon teve grandes contribuições para a economia, sendo sua principal a obra Essai sur la Nature du Commerce en Général. Tratado que teve grande importância para a economia. Entre suas contribuições estão: Sua metodologia de causa e efeito, teorias monetárias, sua concepção de empreendedor como tomador de risco e o desenvolvimento da economia espacial. Sua obra teve grande influência sobre nomes fundamentais para o desenvolvimento do pensamento econômico, entre esses eles estão: Adam Smith e os principais nomes da escola Fisiocrata, Anne Turgot e François Quesnay.

Poderia me adentrar mais na história desse importante pensador, porém irei focar em uma de suas mais importantes teorias, o Efeito Cantillon.

O EFEITO CANTILLON

O nome do efeito é uma homenagem de Blaug ao desenvolvedor da teoria, o já citado Richard Cantillon. O efeito diz que ao contrário do que muitos acreditam, os preços não sobem automaticamente após o aumento da oferta de moeda, e muito menos de forma igual. O que acontece na verdade, é que as pessoas que recebem o dinheiro novo primeiro, terão um aumento temporário do poder de compra, às custas de quem receber por último. As últimas pessoas a receberem esse dinheiro terão uma perda significativa do poder de compra. Os preços também não subirão de forma igual, como muitos acreditam, já que as pessoas que recebem o dinheiro primeiro irão gastar com bens específicos, o que faz com que os preços de alguns bens e serviços subam mais que os preços de outros bens e serviços. O grande economista austríaco e Nobel em economia F.A. Hayek comparou essa expansão monetária com o mel:

“Se você derramar mel no centro de um pires, ele não se espalhará uniformemente logo de cara. Ele se aglomerará no meio do pires antes de se espalhar.”

F.A. Hayek

O professor Ubiratan Jorge Iorio em sua obra, Ação, Tempo e Conhecimento, explica esse fenômeno de forma sucinta:

“A ideia central é que o dinheiro novo entra em um ponto específico do sistema econômico e, sendo assim, ele é gasto em certos bens e serviços específicos, até que, gradualmente, vai-se espalhando por todo o sistema, assim como um objeto qualquer, ao ser atirado na superfície de um lago, forma círculos concêntricos com diâmetros progressivamente maiores, ou como quando se derrama mel no centro de um pires e ele vai-se espalhando a partir do montículo que se forma no ponto em que está sendo derramado (analogias, respectivamente, de Mises e Hayek). Por isso, alguns gastos e preços mudam antes e outros mudam depois e, enquanto a mudança monetária – digamos, uma expansão do crédito – for mantida, sua irradiação para gastos e preços persiste em movimento.”

(IORIO, 2011, p. 134)

CONCLUSÃO

Vou deixar para o grande economista Murray Rothbard em seu livro “O Que o Governo Fez com Nosso Dinheiro” concluir:

“A inflação, portanto, não gera nenhum benefício social; ao contrário, ela redistribui a riqueza para aqueles que obtiveram primeiramente o dinheiro recém-criado, e tudo à custa daqueles que o recebem por último. A inflação é, efetivamente, uma disputa – uma disputa para ver quem obtém antes dos outros a maior fatia do dinheiro recém-criado.”

(ROTHBARD, 2013, p.48 & 49)

FONTES

Foram utilizados para a elaboração desse texto os livros “Ação, Tempo e Conhecimento” e o livro “O que o governo fez com nosso dinheiro”, se quiser se aprofundar mais recomendo a leitura dos mesmo, eles estão disponíveis em pdf gratuitamente no site do Mises Brasil, se for comprar a edição física use o nosso link da Amazon e ajude o site a se manter de pé ou faça uma doação no pix disponível na aba de doações do site.

Vídeo explicando o que é inflação

Livros utilizados:
Ação, Tempo e Conhecimento: https://amzn.to/3zGGbTB

O que o governo fez com nosso dinheiro: https://amzn.to/2ZEJMow

Gabriel Almeida Braga

Gabriel Almeida Braga

Escritor, estudante de Ciências Econômicas, gosta principalmente de Microeconomia e da História do Pensamento Econômico (HPE), graduando em Administração de Empresas, cofundador da Apptime, fundador da iniciativa Economia para Iniciantes e editor-chefe do site Econotime.

11 thoughts on “Quem se beneficia com a inflação? O Efeito Cantillon!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *