Inflação recorde nos EUA! A maior em quase 40 anos!

A inflação de preços americana atingiu nova alta recorde para esse mês de dezembro: 7 % anuais, o maior valor em quase 40 anos (em junho de 1982, tal índice marcara 7,1 %).

Índice de preços, janeiro de 1982 a dezembro de 2021.

Tais pressões inflacionárias irão colocar ainda mais o Federal Reserve System contra a parede, cujo presidente – o Jerome Powell – já deixou claro que irá fazer o necessário para conter a alta nos preços, inclusive com aumento na taxa básica de juros. Com Brasil e Colômbia em eleições presidenciais para esse ano de 2022, a subida no Fed Funds Rate deve tornar o dólar mais atrativo para os investidores estrangeiros.

Inflação na Índia

Para o país asiático, o índice preços registrado para o mesmo mês foi de 5,59 %, levemente abaixo das expectativas do mercado (que esperava um valor de 5,8 %), dentro da meta estabelecida pelo próprio Reserve Bank of India, que vai do índice de preços de 2 a 6 % ao ano.

O que ajuda a conter as pressões altistas está na rúpia indiana, que voltou a ganhar terreno nos últimos meses. No acumulado do ano, a moeda se valorizou em 0,98 % ante dólar americano. A taxa de câmbio desse dia 12 ficou próxima à taxa vista em 4 de outubro de 2018: aproximados 73,76 rúpias por dólar americano nesse dia 12 (às 18 horas UTC-3) , perto de 73,78 em 4 de outubro de 2018.

Índice de preços, janeiro de 2012 a dezembro de 2021.
Taxa de câmbio dólar americano/rúpia indiana: 05/07/2018 – 12/01/2022

Além da desvalorização do dólar, a rúpia foi auxiliada pelos dados do Banco Mundial sobre o crescimento do PIB na 7ª economia do mundo, com previsão de 8,3 % para 2022 e uma revisão altista para 8,7 % em 2023, ante 7,5 % da previsão anterior.

Informações de Trading Economics.

Felipe Lange

Felipe Lange

Escritor, entusiasta de Economia e graduando em Biologia. Escreve e traduz artigos para o seu blog OCAL

One thought on “Inflação recorde nos EUA! A maior em quase 40 anos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.