Turquia interrompe corte de juros; Congo diminui mais

Conforme o esperado, o banco central da Turquia decidiu em manter a taxa de juros em 14 %, em decisão feita hoje, 20 de janeiro.

O comitê de política monetária disse esperar que a inflação de preços caia se inicie com as medidas adotadas para se sustentar os preços e para a estabilidade financeira (embora eles não digam quais seriam essas medidas).

É também ressaltado de que a revisão na política está sendo feita com o objetivo de priorizar a lira turca.

Apesar disso, incertezas continuam rondando a lira turca e a condução do país (cuja moeda desvalorizou em quase 44 % apenas em 2021), que se vê em meio às constantes mudanças de postura de Recep Tayyip Erdoğan. Nos últimos dias, ele anunciou de que irá “trabalhar para aumentar o interesse pela lira turca”.

Congo

Já para os congoleses, a situação está diferente.

Nesse dia 14, o Banque centrale du Congo (banco central da República Democrática do Congo, não confundir com República do Congo, que usa o franco CFA da África Central), decidiu reduzir a taxa básica de juros em 100 pontos base, para 7,5 %. A taxa de inflação de preços registrada (últimos dados) ficou em 7,58 % (15 de janeiro de 2022, em relação à mesma data do ano anterior).

Hoje o país possui uma forte dolarização entre a população, com uma dolarização de quase 90 %.

Taxa de câmbio dólar americano/franco congolês: 14/06/2016 – 20/01/2022.

Informações de Trading Economics e Central Bank News.

Felipe Lange

Felipe Lange

Escritor, entusiasta de Economia e graduando em Biologia. Escreve e traduz artigos para o seu blog OCAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.