Acima do esperado, Brasil tem 328,5 mil novos empregos para fevereiro

Em dados divulgados ontem pelo Ministério do Trabalho e da Previdência Social, o mês de fevereiro registrou um saldo positivo na criação de empregos formais (ou seja, somando admissões e demissões): 328,5 mil empregos para fevereiro. O mês anterior havia registrado um saldo de 150,4 mil novos postos.

Para fevereiro, o mercado esperava um saldo de 210 mil empregos.

O setor de serviços foi o destaque, com saldo de 215.421 novos empregos. Neste setor, também são incluídos serviços da administração governamental, além de serviços tais como serviços de saúde, transportes e educação. A indústria registrou saldo de 43 mil empregos, seguido por construção com cifra de 39.453.

A região que registrou o maior saldo foi a Sudeste, com 162.442 novos postos, com o estado de São Paulo como a federação com a maior criação de empregos, tendo 98.262 postos.

Em empregos formais, o Brasil registrou 41.157.217 empregados no acumulado até esse mês de fevereiro.

Informações de Trading Economics, CAGED de fevereiro e do Ministério do Trabalho e Previdência.

Felipe Lange

Felipe Lange

Escritor, entusiasta de Economia e graduando em Biologia. Escreve e traduz artigos para o seu blog OCAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.