De leve: juros sobem para 2,25 % nas Filipinas

Em reunião desse dia 19 de maio, quinta-feira, o Bangko Sentral ng Pilipinas (banco central das Filipinas) subiu a taxa básica de juros em 25 pontos base, de 2 para 2,25 %.

Tal medida foi conforme o esperado, com o objetivo tanto de ancorar as expectativas de inflação quanto pela normalização da política monetária, saindo da fase expansionista.

Taxa básica de juros, últimos 5 anos.

O índice de preços no país marcou 4,9 % em abril desse ano (valores anuais), uma alta ante o mês anterior, embora não atingindo um recorde histórico. Está acima da meta de inflação do banco central, que vai de 2 a 4 % anuais.

Índice de preços, últimos 10 anos.

O que explica as menores pressões inflacionárias no país é o M1, cuja variação entre 2020 e 2021 foi abaixo do ocorrido em vários países, incluindo Brasil e Estados Unidos.

Variação do M1, 01/01/2020 – 31/03/2022.

Apesar disso, o peso filipino sofreu desvalorização de – 2,35 % aproximados no acumulado desse ano (até 19 de maio), influenciado pelas eleições controversas e pela atratividade do dólar americano nos mercados mundiais.

Taxa cambial dólar americano/peso filipino: 22/05/2017 – 19/05/2022.

Informações de Trading Economics.

Felipe Lange

Felipe Lange

Escritor, entusiasta de Economia e graduando em Biologia. Escreve e traduz artigos para o seu blog OCAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.