Surpresa: Suíça eleva juros

Em reunião trimestral, nesse dia 16 de junho (quinta), o Banco Nacional da Suíça surpreendeu o mercado, decidindo por elevar a taxa básica de juros em 0,5 ponto percentual, de – 0,75 % para – 0,25 % anuais. Os agentes do mercado esperavam uma nova reunião com os juros inalterados.

Não se via um aumento de juros desde setembro de 2007.

Taxa básica de juros, últimos 25 anos.
Índice de preços, últimos 25 anos.

Em comunicado à imprensa, o banco disse que o objetivo é de combater as pressões inflacionárias (cujo índice registrou 2,9 % em maio, uma alta de quase 14 anos) e não descartou a possibilidade de se continuar com os aumentos nos juros.

Por consequência da decisão surpresa, o franco suíço já conseguiu recuperar a sua desvalorização acumulada no ano, em questão de poucas horas.

Desempenho do índice DXY (laranja), sol peruano ante dólar americano (amarelo), franco suíço ante dólar americano (azul claro), guarani paraguaio ante dólar americano (roxo) e real brasileiro ante dólar americano (azul). 09/06/2022 – 16/06/2022, 10 h UTC-3.

Thomas Jordan, o atual presidente do banco central, mostrou preocupação com uma excessiva desvalorização do franco suíço, dizendo de que irá intervir no mercado para não deixá-lo desvalorizar em demasia (assim como em uma eventual forte valorização).

Informações de Trading Economics.

Felipe Lange

Felipe Lange

Escritor, entusiasta de Economia e graduando em Biologia. Escreve e traduz artigos para o seu blog OCAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.