Croácia irá receber o euro em 2023

Como parte de seu acordo para entrar na Zona do Euro, a Croácia irá adotar o euro como moeda em janeiro do próximo ano.

Desde 10 de julho de 2020, a economia está dentro do chamado exchange rate mechanism (o ERM-II), como parte de transição para o acordo. Nesse mecanismo, a moeda usa o euro como moeda-âncora, tolerando uma faixa de flutuação cambial de até 15 % (para mais ou para menos).

Até esse período, a moeda local (a kona croata) operava em um regime atrelado ao euro (ver página 78), o que garantiu uma notável estabilidade monetária ao país, trazendo um índice de preços bastante controlado, embora esteja também passando por alta na inflação de preços, devido ao forte expansionismo monetário feito também pelo Banco Central Europeu.

M1, em milhões de konas croatas, abril de 1997 até abril de 2022.
Índice de preços, maio de 1997 até maio de 2022 (acumulado dos últimos doze meses).

O país, embora esteja com uma situação fiscal preocupante, está entre as 50 economias mais livres do mundo.

Felipe Lange

Felipe Lange

Escritor, entusiasta de Economia e graduando em Biologia. Escreve e traduz artigos para o seu blog OCAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.