A Teoria Austríaca dos Ciclos Econômicos (TACE): Uma introdução

Após a crise financeira de 2008, a Escola Austríaca de Economia observou mais uma vez um ressurgimento da popularidade, tanto no público quanto no meio acadêmico. Isso resultou do fato de economistas, analistas financeiros (Peter Schiff) e políticos (Ron Paul) que estavam familiarizados com a Teoria Austríaca dos Ciclos Econômicos (TACE), aplicá-lo com sucesso na previsão do boom e bust do mercado imobiliário. Hoje, a teoria ganhou popularidade à medida que as pessoas procuram respostas para a alta inflação, a desaceleração econômica e uma política monetária extremamente agressiva seguida pelos bancos centrais de todo o mundo. No entanto, até hoje a TACE é amplamente mal compreendida.

Ler mais

TOP 10 VÍDEOS DE ECONOMIA DO CANAL EM 2021!

Este Ranking é baseado nas enquetes realizadas junto aos inscritos do nosso canal no YouTube -“Economia para Iniciantes”. Cada um dos vídeos a seguir possui sua versão em formato de artigo aqui na Econotime, então, para aqueles que preferem textos a vídeos, deixei o link para o artigo no título de cada seção

Ler mais

AS 10 LIÇÕES DA ECONOMIA

Separei 10 vídeos onde cada um deles ensina uma das 10 lições mais importantes da economia. Os vídeos não precisam ser assistidos em sequencia, porém ao meu entender essa é a melhor sequencia para que se compreenda os fenômenos econômicos.

Ler mais

O que é Custo de Oportunidade! Trade-off

A teoria do Custo de Oportunidade foi desenvolvida pelo grande economista austríaco Friedrich Freiherr von Wieser (1851-1926)  e incorporada a teoria econômica convencional, esse conceito é ensinado em praticamente todas as faculdades de economia e posso afirmar sem medo de errar que esse conceito está entre um dos mais importantes de toda a ciência econômica e que sua compreensão é fundamental para entender os fenômenos econômicos.

Ler mais

Libra esterlina sobe, Turquia corta juros e (muito) mais

Nesse dia 16, o Banco da Inglaterra (o banco central mais antigo do mundo, tendo nascido em 1694) surpreendeu o mercado, subindo a taxa de juros em 0,15 ponto percentual, de 0,10 para 0,25 % anuais, assim se aproximando da meta estipulada pelo Federal Reserve System. Com a decisão, a libra esterlina ganhou força, tendo sido negociada por US$ 1,33 a libra hoje.

Ler mais